Passo-a-passo para iniciar o uso do MAXIPROD

Passo-a-passo para iniciar o uso do MAXIPROD

 

Esta página mostra os primeiros passos para:

Primeiro acesso:

  1. Acesse o site https://maxiprod.com.br/erp/
  2. Clique no botão “Teste gratuitamente”.
  3. Na aba que abrirá, preencha os campos obrigatórios, sinalizados por um ‘*’, para realizar seu primeiro cadastro.

  4. Feito isso, basta clicar em .
  5. Após cadastrar-se, verá que, na tela inicial do sistema, o nome de sua empresa e o usuário cadastrado são exibidos no canto superior direito. Além disso, por padrão, o período de teste e avaliação do sistema é de 30 dias.

Cadastro da empresa:

  1. Para preencher os dados de sua empresa, acesse o menu > opção Editar minha empresa.

  2. Na janela que se abre, preencha todos os campos obrigatórios, sinalizados por ‘*’ ou ‘¹’, a fim de ter um cadastro completo de sua empresa.

Para saber mais sobre como configurar sua empresa, acesse as páginas abaixo:

Cadastro de produtos:

  1. Para cadastrar produtos, acesse o menu Itens > opção Itens.

  2. Há duas formas de cadastrar itens no sistema MAXIPROD:
    1. Manualmente:
    1.1. Clique no botão  .

    1.2. Por padrão, o item novo é inserido no grupo pré-cadastrado “PADRAO”, mas isto pode ser alterado, cadastrando-se um grupo novo, através do ícone ao lado do grupo ou pelo menu Itens > Grupos.

    1.3. Na janela aberta, clique novamente no botão verde para cadastrar um novo grupo.

    OBS.: O único campo de preenchimento obrigatório no cadastro de um grupo é o seu Código.
    1.4. Após cadastrar novos grupos, selecione o grupo no qual deseja inserir o novo item.

    O campo “Procedência”, indica se o  item é comprado, fabricado, ou de alguma outra categoria.
    1.5. O código do item pode ser digitado ou gerado automaticamente como um sequencial de um prefixo selecionado para o grupo.

    Clicando-se na ao lado deste campo, pode-se criar um “Prefixo de código de item” para este grupo.

    1.6. Após estas configurações iniciais, clique em .

    2. Por importação de arquivo Excel:
    2.1. Acesse o menu Itens > Itens.
    2.2. Menu Ações > opção “Importar itens de arquivo Excel”.
    2.3. Na janela aberta, siga as instruções e, a seguir, importe a planilha preenchida.

Para mais informações sobre o cadastramento de itens e assuntos relacionados, acesse as páginas:

Roteiro do item:

A fabricação de um item resulta de uma sequência de operações realizadas sobre os insumos, sendo cada insumo recebido em uma dessas operações. A sequência de operações que resultam em item chama-se Roteiro (de produção).

Há duas formas de cadastrar o roteiro de um item:

  1. Manualmente:
    1.1. Na tela de Itens, clique sobre o item no qual deseja inserir o roteiro de produção. A seguir, no menu Consultar, selecione a opção “Roteiro do item”.
    1.2. Na janela aberta, clique em .
    1.3. É exibida a janela de inserção de uma operação. O campo “Centro de trabalho” vem preenchido com o Centro pré-configurado “Padrão”, a descrição também vem preenchida como “Padrão” e a operação com o valor “10”, indicando a primeira operação do roteiro.
    a
    1.4. Para criar um Centro de Trabalho novo, clique na ao lado desse campo.

    1.5. Cadastre todas as operações do roteiro do item para, a seguir, inserir sua estrutura de produto.
    Exemplo:

  2. Por importação de arquivo Excel:
    2.1. Acesse o menu Itens > Itens.
    2.2. Menu Ações > opção “Importar roteiro de itens de arquivo Excel”.
    2.3. Na janela aberta, siga as instruções dadas e, a seguir, importe a planilha preenchida.

Para mais informações sobre o roteiro de produção de um item, acesse:

Estrutura de produto:

Conforme mencionado no tópico anterior, a estrutura de produto associa um item aos seus insumos, ou itens-filho.

Há duas formas de cadastrar uma estrutura de produto:

  1. Manualmente:
    1.1. Na tela de Itens, após clicar sobre o item desejado, acesse o menu Consultar e selecione a opção “Estrutura de produto”.
    1.2. Clique no botão verde e preencha os campos obrigatórios referentes à Operação, Item-filho e Quantidade (do item-filho, necessária para produzir uma unidade do item-pai).

    1.3. Após preencher, clique em “Salvar”.
    1.4. Repita esse processo para cada item-filho.
    Exemplo:

  2. Por importação de arquivo Excel:
    2.1. Acesse o menu Itens > Itens.
    2.2. Menu Ações > opção “Importar estruturas de produtos de arquivo Excel”.
    2.3. Na janela aberta, siga as instruções e, a seguir, importe a planilha preenchida.

Para mais informações sobre estruturas de produtos, acesse:

Cadastro de empresas (clientes e fornecedores):

  1. Acesse o menu Vendas > Clientes ou o menu Compras > Fornecedores.

 

 

 

 

 

 

 

 

2. Há duas formas de cadastrar empresas:

  1. Manualmente:
    1.1. Clique no botão .
    1.2. Preencha os campos obrigatórios sinalizados por ‘*’ ou ‘¹’ e marque as opções desejadas para caracterizar a empresa.
    Obs: dependendo da tela acessada (clientes, fornecedores, representante/vendedor, etc.), a respectiva opção já virá inicializado, podendo ser alterado.
    Cadastro exemplo de cliente com dados fictícios:

    Exemplo de fornecedor:

  2. Por importação de arquivo Excel:
    2.1. Em uma das telas de empresas mencionadas na seção anterior, acesse o menu Ações > Importar empresas de arquivo Excel.

    2.2. Siga os passos para importar empresas em massa.

Para mais informações sobre o cadastramento de empresas, acesse:

Propostas:

  1. Para criar uma Proposta de venda , acesse o menu Vendas > Propostas.

  2. Clique no botão .
  3. Será aberta uma janela para criação da nova proposta de venda, na qual o usuário responsável deve preencher os campos obrigatórios.
    Por exemplo:

  4. Após finalizar, clique em .

Para saber mais sobre Propostas, acesse:

Pedidos de venda:

  1. Para converter uma Proposta em Pedido de venda, clique no botão .
  2. É aberto um pedido de venda em estado de digitação, inicializado com os dados da proposta, que podem ser editados .
    Exemplo de Pedido de venda:

    Após confirmar os dados, clique em ou .

Para saber mais sobre Pedidos de venda, acesse:

MRP:

Depois de emitir e aprovar um Pedido de venda, é necessário produzir os itens sendo vendidos, se forem fabricados. Para tanto, podemos utilizar o MRP, que calcula as necessidades de compra e produção, sugerindo compras e ordens de produção.

Há duas formas de rodar o MRP:

  1. Global: analisa todos os itens de todos os pedidos de venda;

  2. Do item: analisará apenas o item selecionado, e seus itens-filho;

Neste exemplo, rodaremos o MRP do item do pedido de venda que já criamos.

  1. Estando dentro do pedido de venda, acesse o menu Ações > opção Rodar MRP do item selecionado.

  2. Após os cálculos, é exibida uma mensagem, informando a quantidade de Ordens de produção, Solicitações de compra, Solicitações de envio para terceirização e Solicitações de recebimento para terceirização criadas.


    Estes serão criados no estado “Sugerida”, pelo MRP, e dependem da confirmação do usuário para que sejam compradas ou produzidas.

Para saber mais sobre produção e MRP, acesse:

Solicitações de compra:

O ponto de partida são as solicitações de compra sugeridas pelo MRP no passo anterior: para produzir o item que vamos vender, é necessário comprar os insumos para a sua produção.

  1. Acesse o menu Compras > Solicitações de compra.

  2. Nessa tela vemos as duas solicitações de compra sugeridas pelo MRP:

  3. Antes de comprar estes itens, é necessário aprovar as solicitações de compra.

  4. Agora, selecione uma solicitação de compra aprovada e, no menu Ações, escolha a opção “Criar pedido de cotação”. Este passo só é necessário se precisamos de uma cotação do fornecedor.

  5. Selecione o fornecedor através da ou digite-o manualmente.

Para saber mais sobre Solicitações de compra, acesse:

Cotações:

  1. Ao confirmar o fornecedor, é aberta uma nova janela de preenchimento da Cotação, inicializada em estado de digitação apenas com o fornecedor e o item .

  2. Preencha os campos obrigatórios/desejados.
    Exemplo:

  3. Concluído o preenchimento , clique em .
  4. É aberta uma janela de modelo de e-mail para envio da cotação. Preencha o campo “Para” com o e-mail do fornecedor e envie-o.

  5. Depois de solicitar a cotação, pode-se conclui-la.

Para saber mais sobre Cotações, acesse:

Pedidos de compra:

  1. Para converter a Cotação em Pedido de compra, clique no botão no rodapé da cotação.
  2. O pedido é inicializado com os dados da cotação, da mesma forma que ocorre na conversão da proposta em  pedido de venda.
    Exemplo:

  3. Revise o pedido e clique em ou para finalizá-lo.

Para saber mais sobre Pedidos de compra, acesse:

Notas fiscais recebidas:

  1. Para finalizar a compra, clique no botão no rodapé do pedido.
  2. Este é aberto com os dado do pedido, faltando preencher o número da nota.

  3. Após conferir o item e a nota, receba-a através do botão verde .
  4. É feita uma movimentação de entrada no estoque:
    Menu Estoque > Movimentações:

    Menu Estoque > Estoque:

  5. Repita esse passos para todos os insumos a comprar para a produção do item sendo vendido.

Para saber mais sobre Notas Fiscais recebidas:

Contas a pagar:

  1. Após o recebimento dos insumos, verificamos que, ao acessar o menu Financeiro > Contas a pagar,

    há duas contas a pagar, identificadas pelo fornecedor e o número da nota fiscal recebida.

  2. Para pagar o título, há duas opções:
    2.1. Clicar na opção ao lado do valor exibido:

    É aberta a edição do título. Confira as informações e clique em :

    2.2. Ou clicar no ícone : é aberta a edição do título. Marque a opção “Pagar/baixar agora”, confira o preenchimento e clique em .

Para saber mais sobre Contas a pagar, acesse:

Ordens de produção:

Após o recebimento dos itens necessários para a produção do item vendido, pode-se iniciar a produção.

  1. Acesse o menu Produção > Ordens de produção.

  2. Observa-se que há uma OP, no estado “Sugerida”, vinculada ao item 1 do pedido de venda 1.

  3. Para produzir esse item, é necessário confirmar a ordem de produção, cujo estado passa a “A produzir”.

  4. Abrindo a ordem de produção, pode-se ver os insumos do item a produzir, além de outras informações.
    Caso não haja estoque suficiente do(s) insumo(s), as informações na coluna “Qt a baixar” serão exibidas em rosa.

    Assim que houver estoque suficiente, serão exibidas em branco:

  5. Inicialmente, é necessário baixar os insumos. Para tanto, clique na seta verde ao lado da “Qt a baixar” de cada insumo. Para realizar uma baixa parcial, edite a quantidade. Quando a quantidade total tiver sido baixada, será exibido um .

  6. Quando a produção estiver concluída, clique no botão “Concluir” no canto superior direito, para fechar a Ordem de Produção.

  7. É aberta uma janela de conclusão, na qual poderá ser preenchida a quantidade concluída (parcial ou total) e o seu destino.

  8. Cada uma dessas ações é refletida na tela de movimentações de estoque.

  9. Voltando para a tela de estoque, os dois insumos já foram consumidos e o item, anteriormente em “Elaboração”, passou para o estoque de Revenda, como configurado na conclusão da OP, e o custo total desse item em estoque agregou o custo dos insumos utilizados.

Para saber mais sobre Ordens de Produção, acesse:

Notas fiscais:

  1. Para vender o produto produzido, acesse o menu Vendas > Pedidos de venda.

  2. Na edição do pedido de venda, clique no botão no rodapé do pedido.
  3. É aberta uma Nota Fiscal, já preenchida com os dados do pedido de venda.
  4. Confira e clique em .
    Exemplo de NF emitida e autorizada, em ambiente de homologação:

Para saber mais sobre Notas Fiscais, acesse:

Contas a receber:

  1. Após emitir a Nota fiscal, verificamos que, ao acessar o menu Financeiro > Contas a receber,

    há uma nova conta a receber, referente à venda feita para o cliente “Zézinho”, na NF nº 1.

  2. Para receber o título, há duas opções:
    2.1. Clicar na opção ao lado do valor exibido:

    Abre-se a tela de edição do título com a ação já preenchida. Confira e clique em :

    2.2. Ou clicar o ícone , sendo aberta a tela de edição do título. Marque a opção “Receber/baixar agora”, confira e clique em .

Para saber mais sobre Contas a Receber, acesse:

Fluxo de caixa:

Após as transações de compra e venda, podemos visualizar o Fluxo de Caixa da empresa.

  1. Acesse o menu Financeiro > Fluxo de Caixa:

  2. Antes de realizar qualquer pagamento ou recebimento de títulos, podemos verificar o impacto das diversas transações no fluxo de caixa da empresa:

    A tela de Fluxo de caixa exibe o saldo inicial, as entradas e saídas em ordem cronológica, e o saldo final.

Para saber mais sobre o Fluxo de Caixa, acesse:

Extrato:

À medida que contas são pagas e recebidas, podemos vê-las na tela de Extrato.

  1. Acesse o menu Financeiro > Extrato:

Para saber mais sobre o Extrato, acesse:

Balancete:

Através do Balancete, pode-se visualizar a contabilidade de forma mais completa.

  1. Acesse o menu Contabilidade > Balancete contábil:


Para saber mais sobre o Balancete, acesse: