Como analisar a ficha futura?

Como analisar a ficha futura?

Esta página apresenta casos práticos de análise da ficha futura, com cenários envolvendo compras, produção, terceirização, itens alternativos, ponto de ressuprimento, mostrando a interpretação de cada linha da ficha futura.

Veja também: ficha futura, vínculos e reservas de estoque

Caso 1: venda de produto comprado, sem estoque 
Aqui, temos o caso mais simples possível: um item de procedência ‘comprado’, presente em um pedido de venda aprovado, sem estoque . O resultado do MRP, apresentado na ficha futura, sugere uma solicitação de compra em quantidade igual à do pedido de venda.

Análise linha a linha:

  • Linha 1 (produção): SC sugerida.
    • A coluna “Entrada” mostra a quantidade sugerida para compra.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 2 (consumo): item do pedido de venda.
    • A coluna “Origem” mostra a linha de origem desta quantidade, ou seja, a linha de origem com a qual esta linha de consumo está vinculada.
    • A coluna “Item do pedido de venda” identifica o consumo.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade consumida por esta linha.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.

Caso 2: venda de produto comprado, com parte em estoque e parte a comprar
Esta é uma variação do caso anterior. O mesmo item de procedência ‘comprado’ já tem alguma quantidade em estoque, devendo o restante ser comprado para atender a venda. O MRP também sugere uma solicitação de compra, mas em quantidade menor que a do caso 1.

A ficha futura mostra que parte do pedido de venda será atendida pelo estoque (linha 3), e outra parte pela solicitação de compra sugerida (linha 4).

Análise linha a linha:

  • Linha 1 (produção): estoque original do item.
    • A coluna “Entrada” mostra a quantidade em estoque.
    • A coluna “Saldo” mostra a quantidade em estoque após a execução desta linha.
  • Linha 2 (produção): descreve a solicitação de compra sugerida.
    • A coluna “Entrada” mostra a quantidade da SC sugerida, que entrará no estoque ao realizar a compra.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo do item após a execução desta linha.
  • Linha 3 (consumo): descreve o item do pedido de venda.
    • A coluna “Origem” mostra a linha de origem das 35 unidades  consumidas pelo item do PV, que é o estoque, ou seja, a linha de origem com a qual esta linha de consumo está vinculada.
    • A coluna “Item do pedido de venda” identifica o consumo.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade consumida por esta linha.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 4 (consumo): descreve o item do pedido de venda.
    • A coluna “Origem” mostra a linha de origem das 65 unidades consumidas pelo item do PV, que é a solicitação de compra, ou seja, a linha de origem com a qual esta linha de consumo está vinculada.
    • A coluna “Item do pedido de venda” identifica o consumo.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade consumida por esta linha.
    • A coluna “Saldo” mostra mostra o saldo após a execução desta linha.

Caso 3: venda de produto fabricado sem estoque suficiente
Este caso é semelhante ao caso 1, porém para um item de procedência ‘fabricado’, presente em um pedido de venda aprovado, e não há estoque. O MRP sugere uma ordem de produção em quantidade igual à do pedido de venda.

Análise linha a linha:

  • Linha 1 (produção): descreve a ordem de produção sugerida.
    • A coluna “Entrada” mostra a quantidade sugerida da ordem de produção.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo do item após a execução desta linha.
  • Linha 2 (consumo): descreve o item do pedido de venda.
    • A coluna “Origem” mostra a linha de origem da quantidade consumida; a quantidade total da OP sugerida atenderá o pedido de venda.
    • A coluna “Item do pedido de venda” identifica o consumo.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade consumida por esta linha.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.

Caso 4: venda de produto fabricado com parte em estoque e parte a ser fabricada
Esta é uma variação do caso anterior. O mesmo item de procedência ‘fabricado’, está em um pedido de venda aprovado, mas já há alguma quantidade em estoque, devendo o resto ser fabricado para atender a venda. O MRP também sugere uma ordem de produção, mas menor que a do caso 3,  pois ainda há algum estoque.

A ficha futura mostra que uma parte do pedido de venda será atendida pelo estoque (linha 3) e o resto pela ordem de produção sugerida (linha 4).

Análise linha a linha:

  • Linha 1 (produção): descreve a estoque já existente do item.
    • A coluna “Entrada” mostra a quantidade existente em estoque.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo do item após a execução desta linha.
  • Linha 2 (produção): descreve uma ordem de produção sugerida.
    • A coluna “Entrada” mostra a quantidade da OP sugerida: quanto entrará em estoque ao realizar a produção.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 3 (consumo): descreve o item do pedido de venda.
    • A coluna “Origem” mostra a linha de origem (estoque) de 35 unidades usadas no atendimento do pedido de venda.
    • A coluna “Item do pedido de venda” identifica o consumo.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade consumida por esta linha.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 4: descreve o item do pedido de venda.
    • A coluna “Origem” mostra a linha de origem (ordem de produção) das outras 65 unidades usadas no atendimento da venda.
    • A coluna “Item do pedido de venda” identifica o consumo.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade consumida por esta linha.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.

Caso 5: item sem vendas, mas abaixo da quantidade mínima de estoque
Aqui, um caso de item em que não está à venda, ou qualquer outra demanda de consumo, mas está abaixo de uma quantidade mínima de estoque. O sistema irá sugerir uma solicitação de compra (para itens comprados) ou ordem de produção (para itens fabricados) em quantidade suficiente para o estoque retornar ao mínimo necessário.

Análise linha a linha:

  • Linha 1 (produção): descreve uma solicitação de compra sugerida.
    • A coluna “Entrada” mostra a SC
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo do item após a execução desta linha.

A solicitação de compra foi sugerida porque o estoque atual do item é inferior ao estoque mínimo.

Caso 6: item com demanda interna e estoque abaixo do mínimo
Esta é uma variante do caso anterior. O estoque do item está abaixo do estoque mínimo e há demanda interna como insumo de uma ordem de produção. O sistema sugere, conforme apresentado na ficha futura, uma quantidade a ser comprada (ou fabricada, conforme a procedência) que mantenha a estoque  mínimo especificado, após atender à demanda interna.

Análise linha a linha:

  • Linha 1 (produção): descreve a solicitação de compra sugerida.
    • A coluna “Entrada” mostra a quantidade sugerida para compra.
    • A coluna “Não consum” mostra a quantidade daquela SC que não será consumida.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo do item após a execução desta linha.
  • Linha 2 (consumo): descreve o consumo do item como insumo em uma ordem de produção que ocorrerá.
    • A coluna “Origem” aponta para a linha de origem da quantidade consumida pelo PV, que é a SC sugerida.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade consumida por esta linha.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.

O saldo final será igual ou superior ao estoque mínimo especificado para o item.

Caso 7: item com algum estoque disponível, insuficiente para atendimento de múltiplas demandas internas e para a manutenção do estoque mínimo especificado. 
Este é um caso mais complexo que o anterior. O estoque do item é superior a zero mas inferior ao estoque mínimo, e é insumo de 3 ordens de produção. A ficha futura sugere a compra (ou fabricação, conforme a procedência), de uma quantidade suficiente para o atendimento tanto do insumos das 3 OPs, como da manutenção do estoque mínimo.

Análise linha a linha:

  • Linha 1 (produção): estoque inicial do item.
    • A coluna “Entrada” mostra a quantidade em estoque.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 2 (produção): descreve a solicitação de compra sugerida.
    • A coluna “Entrada” mostra a quantidade da SC sugerida, que entrará em estoque ao realizar a compra.
    • A coluna “Não consum” mostra a quantidade daquela SC que não será consumida.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 3 (consumo): descreve o consumo do item como insumo em uma das ordens de produção.
    • A coluna “Origem” mostra a linha de origem de 150 unidades consumidas pela OP 3/10 (da necessidade total de 1000), que é o estoque atual.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade consumida por esta linha.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 4 (consumo): descreve o consumo do item como insumo da mesma OP da linha 3.
    • A coluna “Origem” mostra a linha de origem das demais 850 unidades consumidas pela OP 3/10, que é a SC sugerida.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade consumida por esta linha.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 5 (consumo): descreve o consumo do item como insumo da ordem de produção 4/10.
    • A coluna “Origem” mostra a origem das 500 unidades consumidas pela OP, que é a SC sugerida.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade consumida por esta linha.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 6 (consumo): descreve o consumo do item como insumo da ordem de produção 5/10.
    • A coluna “Origem” mostra de onde das 5000 unidades consumidas pela OP 5/10 , que é a SC sugerida.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade consumida por esta linha.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.

Observe que o saldo final é igual ao estoque mínimo especificado para o item.

Caso 8: item a ser revendido, com estoque inicial zero e compra em execução
Este é um caso de item comprado para revenda. Não há quantidade em estoque. Parte do pedido de venda é atendido por um pedido de compra aprovado, mas o saldo precisa ser comprado. O MRP sugere uma solicitação de compra suficiente para atender à venda.

Análise linha a linha:

  • Linha 1 (produção): descreve o pedido de compra do item.
    • A coluna “Entrada” mostra a quantidade do PC que entrará no estoque.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 2 (produção): descreve a solicitação de compra sugerida.
    • A coluna “Entrada” mostra a quantidade da SC sugerida, que entrará em estoque ao realizar a compra.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 3 (consumo): descreve o consumo parcial por um pedido de venda, associado a uma origem.
    • A coluna “Origem” mostra a linha de origem de 45 unidades do PV, que é o PC.
    • A coluna “Item do pedido de venda” identifica o pedido de venda.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade do pedido de compra nº 2 que será consumido por este PV.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 4 (consumo): descreve o consumo parcial pelo mesmo pedido de venda, associado a outra origem.
    • A coluna “Origem” mostra a linha de origem de 55 unidades do PV, que é a SC.
    • A coluna “Item do pedido de venda” identifica o pedido de venda.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade da solicitação de compra sugerida que será consumida por esta linha.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.

Caso 9: item a ser revendido, com algum estoque inicial, compra em execução e estoque mínimo. 
A ficha futura tem uma linha adicional, a do estoque inicial, e o saldo final respeita o estoque mínimo.

Análise linha a linha:

  • Linha 1 (produção): estoque inicial.
    • A coluna “Entrada” mostra a quantidade existente em estoque.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 2 (produção): descreve uma solicitação de compra sugerida.
    • A coluna “Entrada” mostra a quantidade da primeira SC sugerida, que entrará em estoque ao realizar a compra.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 3 (consumo): descreve o pedido de compra nº 2.
    • A coluna “Entrada” mostra a quantidade do PC.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 4 (consumo): descreve outra solicitação de compra sugerida.
    • A coluna “Entrada” mostra a quantidade da segunda SC sugerida, que entrará em estoque ao realizar a compra.
    • A coluna “Não consum” mostra a quantidade daquela SC que não será consumida.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 5 (consumo): descreve o consumo parcial por um pedido de venda, associado a uma origem.
    • A coluna “Origem” mostra a linha de origem de 15 unidades do PV, que é o estoque inicial.
    • A coluna “Item do pedido de venda” identifica o pedido de venda.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade consumida por esta linha.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 6 (consumo): descreve outro consumo parcial pelo mesmo pedido de venda.
    • A coluna “Origem” mostra a linha de origem de 10 unidades do PV, que é uma solicitação de compra.
    • A coluna “Item do pedido de venda” identifica o pedido de venda.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade consumida por esta linha.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 7 (consumo): descreve outro consumo parcial pelo mesmo pedido de venda.
    • A coluna “Origem” mostra a linha de origem de 45 unidades do PV,  que é o pedido de compra nº 2.
    • A coluna “Item do pedido de venda” identifica o pedido de venda.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade consumida por esta linha.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 8 (consumo): descreve outro consumo parcial pelo mesmo pedido de venda.
    • A coluna “Origem” mostra a linha de origem de 10 unidades do PV, que é outra solicitação de compra.
    • A coluna “Item do pedido de venda” identifica o pedido de venda.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade consumida por esta linha.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.

Observe que o saldo final é igual ao estoque mínimo especificado para o item.

Caso 10: item que é revendido e também insumo em ordens de produção
O item é de procedência comprado, mas é revendido em um pedido de venda (linha 6), e também é insumo de ordens de produção (linhas 2, 3 e 4). Como há estoque mínimo (100 unidades) e demandas com diferentes datas de necessidade, são geradas duas solicitações de compra, uma com data para atender as demandas internas (OPs) e outra para atender a demanda externa (PV), mantendo o estoque igual ou superior às 100 unidades de estoque mínimo.

Análise linha a linha:

  • Linha 1 (produção): solicitação de compra sugerida.
    • A coluna “Entrada” mostra a quantidade da SC sugerida, que entrará em estoque ao realizar a compra.
    • A coluna “Não consum” mostra a quantidade daquela SC sugerida que não será consumida.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 2 (consumo): descreve o consumo do item como insumo de uma ordem de produção.
    • A coluna “Origem” mostra a linha de origem de 25 unidades consumidas pela OP 3/10..
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 3 (consumo): descreve o consumo do item como insumo em outra ordem de produção.
    • A coluna “Origem” mostra a linha de origem de 12,50 unidades consumidas pela OP 4/10.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade consumida por esta linha.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 4 (consumo): descreve o consumo do item como insumo em mais outra ordem de produção.
    • A coluna “Origem” mostra a linha de origem de 125 unidades consumidas pela OP 5/10.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade consumida por esta linha.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 5 (consumo): descreve outra solicitação de compra sugerida.
    • A coluna “Entrada” mostra a quantidade da SC sugerida, que entrará em estoque ao realizar a compra.
    • A coluna “Não consum” mostra a quantidade daquela SC sugerida que não será consumida.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 6 (consumo): descreve o consumo por um pedido de venda.
    • A coluna “Origem” mostra a linha de origem de 55 unidades da quantidade demandada pelo PV.
    • A coluna “Item do pedido de venda” identifica o pedido de  venda.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade da SC sugerida da linha 1 que será consumida pela linha 6.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.

Observe que o saldo final é igual ao estoque mínimo especificado para o item. Observe também que a solicitação sugerida na linha 5 tem como objetivo restaurar o estoque mínimo na data daquele consumo.

Caso 11: o item é uma das alternativas na estrutura de produto de item com procedência ‘alternativo’
Este item-filho representa um conjunto de itens alternativos que podem ser consumidos na execução da produção do item-pai.
Na imagem abaixo é mostrada a estrutura de produto na OP montada para o exemplo, destacando o item alternativo:

Na imagem abaixo, as opções possíveis de item que podem ser consumidos durante a produção – a estrutura de produto do item de procedência alternativo:

Ou seja, a cada 1 unidade demandada do item representativo, é demandada 1 unidade do “Alternativo 1” ou 1 unidade do “Alternativo 2”.

Após rodar o MRP, a partir de um cenário sem estoque de ambas alternativas (tanto de “Alternativo 1” como de “Alternativo 2”), o resultado é a sugestão de compra apenas do item “Alternativo 1”, pois ele, na estrutura, está em primeiro na ordem da lista, de cima para baixo.

Análise linha a linha:

  • Linha 1 (produção): descreve a solicitação de compra sugerida na qual o item está.
    • A coluna “Entrada” mostra a quantidade da SC sugerida, que entrará em estoque ao realizar a compra.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 2 (consumo): descreve o consumo do item como insumo da OP 3/10.
    • A coluna “Origem” mostra a linha de origem de 30 unidades demandadas como insumo da OP, que é a solicitação de compra sugerida.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade consumida por esta linha.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 3 (consumo): descreve o consumo do item como insumo da OP 4/10.
    • A coluna “Origem” mostra a linha de origem de 15 unidades demandadas como insumo da OP, que é a mesma solicitação de compra sugerida.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade consumida por esta linha.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 4 (consumo): descreve o consumo do item como insumo da OP 5/10.
    • A coluna “Origem” mostra a linha de origem de 15 0unidades demandadas como insumo da OP, que é a mesma solicitação de compra sugerida.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade consumida por esta linha.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.

Caso 12: o item é terceirizado (fabricado por um terceiro para nossa empresa, usando insumos nossos), sem estoque inicial, e com pedido de venda aprovado.
O resultado é a sugestão de uma solicitação de compra do produto vendido, que após se converter em pedido de compra, disparará a demanda do envio dos insumos da terceirização.

Análise linha a linha:

  • Linha 1 (produção): solicitação de compra sugerida.
    • A coluna “Entrada” mostra a quantidade da SC sugerida, que entrará m estoque ao realizar a compra.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 2 (consumo): descreve o pedido de venda na qual o item está.
    • A coluna “Origem” mostra a linha de origem das 100 unidades necessárias para o atendimento do PV.
    • A coluna “Item do pedido de venda” identifica o pedido de venda.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade consumida por esta linha.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.

Caso 13: o item é terceirizado (fabricado por um terceiro para nossa empresa, usando insumos nossos), sem estoque inicial, e com pedido de venda aprovado.

Aqui, a solicitação de compra do caso 12, se converteu em pedido de compra para o terceiro, que fabrica o produto a partir da matéria-prima que lhe fornecemos. Isso resulta na seguinte ficha-futura:

Análise linha a linha:

  • Linha 1 (produção): pedido de compra nº 3 na qual o item está.
    • A coluna “Entrada” mostra a quantidade do PC em digitação, que entrará em estoque ao ser realizada.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 2 (consumo): descreve o pedido de venda.
    • A coluna “Origem” mostra a linha de origem das 100 unidades necessárias para o atendimento do PV.
    • A coluna “Item do pedido de venda” identifica o pedido de venda.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade consumida por esta linha.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.

E a ficha futura da matéria-prima fornecida (no caso, apenas uma) será:

Análise linha a linha:

  • Linha 1 (produção): descreve a solicitação de compra sugerida
    • A coluna “Entrada” mostra a quantidade da SC sugerida, que entrará em estoque ao se converter em compra.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 2 (consumo): descreve a Solicitação de Envio para Terceirização (SET) de estoque nosso, em nosso poder.
    • A coluna “Origem” aponta para a origem das 125 unidades que serão enviadas para terceirização, no caso a solicitação de compra sugerida.
    • A coluna “Item do pedido de venda” identifica o pedido de venda.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade que será consumida pela SET, ou seja, a quantidade que sairá do nosso estoque para o terceiro.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo em nosso poder após a execução desta linha.
  • Linha 3 (consumo): descreve o produto do Envio para Terceirização (SET)
    • A coluna “Entrada” mostra a quantidade da solicitação de compra sugerida que será entregue ao terceiro
    • A coluna “Poder” mostra o terceiro envolvido nesta terceirização.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo (em poder do terceiro) após a execução desta linha.
  • Linha 4 (consumo): pedido de compra nº 4 na qual o item está.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade do item enviado para terceiro, que o item do PC consumirá em sua fabricação realizada por um terceiro.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo em estoque de nosso poder após a execução desta linha.

Caso 14: nossa empresa é fornecedora de terceirização, e produz o item fabricado no qual há insumo enviado pelo cliente da terceirização
Aqui, temos um item fabricado por nós e que está em um pedido de venda aprovado. Como não há estoque do mesmo, o MRP retorna para a ficha futura do item fabricado a sugestão de uma ordem de produção, enquanto para o item-filho (insumo da OP) uma solicitação de recebimento de terceirização (SRT).

Ficha futura do item fabricado:

Análise linha a linha:

  • Linha 1 (produção): descreve a ordem de produção sugerida.
    • A coluna “Entrada” mostra a quantidade da OP sugerida, que entrará em estoque ao realizar a produção.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.
  • Linha 2 (consumo): descreve o pedido de venda para o cliente de terceirização.
    • A coluna “Origem” mostra a linha de origem das 100 unidades vendidas para o cliente de terceirização.
    • A coluna “Item do pedido de venda” apresenta o vínculo do item nesta linha de consumo.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade consumida por esta linha.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.

Ficha futura do insumo da OP (este insumo é de propriedade do cliente de terceirização) :

Análise linha a linha:

  • Linha 1 (produção): descreve a solicitação de recebimento para terceirização sugerida na qual o item está.
    • A coluna “Entrada” mostra a quantidade da SRT sugerida, ou seja, o quanto irá entrar em estoque ao realizar o recebimento de nosso cliente do item enviado.
    • A coluna “Saldo” mostra a quantidade de estoque que o item terá após a execução da linha 1. Esse estoque será um estoque de terceiro, ou seja, o dono é a Mercado Praiano, mas em nosso poder.
    • A coluna “Dono” mostra a empresa dona do item recebido por nós.
  • Linha 2 (consumo): descreve o consumo do item como insumo em uma ordem de produção que ocorrerá.
    • A coluna “Origem” mostra de onde a OP irá consumir a quantidade demandada, ou seja, a SRT sugerida será a fonte para atendimento do consumo pela OP em 125 unidades.
    • A coluna “Item do pedido de venda” identifica o pedido de venda para o cliente de terceirização.
    • A coluna “Saída” mostra a quantidade consumida por esta linha.
    • A coluna “Saldo” mostra o saldo após a execução desta linha.