Não-conformidades e processos de qualidade

Processos de qualidade (Não-conformidades)

Devem ser abertos processos de qualidade quando são detectados desacordos entre:

  • um item recebido, um produto fabricado, ou um procedimento, e
  • as normas de qualidade da empresa

O registro das PQs tem por objetivo:

  • qualidade: como corrigir os efeitos de uma não conformidade, e evitar que se repita.
  • custeio/contabilidade: o PQ pode gerar custos de material, mão-de-obra e despesas com terceiros, que devem ser associados a contas contábeis, centros de custo e/ou pedidos.

Os PQs podem ser usados de forma independente, ou integrados ao fluxo de trabalho, financeiro e contabilidade gerais.

1. Classes de processos de qualidade

Cada PQ pertence a uma classe.

Por exemplo, em uma empresa industrial, poderíamos definir as seguintes classes de PQs:

  • PQ de processo interno: por exemplo, defeitos em matérias primas e produtos semi-acabados.
  • PQ de ensaio final: não atendimento de requisito de cliente.
  • PQ de processo externo: reclamações de clientes, para produtos acabados.

Uma classe de PQ:

  • possui um conjunto de parâmetros, que classificam as PQs da classe.
  • segue uma sequência de etapas, que são pré-definidas por cada empresa.

1.1. Parâmetros de uma classe de PQs

Parâmetros típicos das classes de processos de qualidade são (nem todos os parâmetros existem em todas as classes):

  • processo: o processo auditado.
  • norma: norma usada no PQ.
  • opções de correção. Opções típicas são:
  • plano de ação
  • detecção: tipo de detecção realizada no PQ.
  • disposição. Disposições típicas de PQs são:
    • retrabalho ou reparo: ação sobre um produto não conforme, a fim de torná-lo conforme aos requisitos.
    • reclassificação: alteração da classe de um produto não-conforme, a fim de torná-lo conforme a requisitos diferentes daqueles inicialmente especificados.
    • refugo: ação sobre um produto não conforme para impedir sua utilização prevista originalmente, como, por exemplo, reciclagem ou destruição.
    • concessão interna: permissão para usar ou liberar um produto que não atende a requisitos especificados, dados pelo responsável da unidade produtiva, ou seja, não há uma ação direta sobre o efeito do PQ.
    • concessão externa: permissão para usar ou liberar um produto/material que não atende a requisitos especificados pelo cliente, ou seja, não há uma ação direta sobre o efeito do PQ.
  • causa: por exemplo, engenharia, mão de obra, calibração de equipamento.

1.2. Etapas de uma classe de PQs

As etapas de uma classe de PQs constituem o roteiro (work-flow) de todos os processos de qualidade da classe.

Cada etapa pode ter 4 alternativas de próxima etapa. Se houver mais de uma alternativa, o responsável pela etapa atual selecionará a próxima.

Cada etapa poderá ser uma “possível última etapa” da NC.

2. Processos de qualidade

Cada PQ é criado dentro de uma classe.

Um PQ tem várias características das ordens de produção:

  • é identificado por um número sequencial, por exemplo “216”
  • ao ser criado, é criado um item, cujo código será “_PQ000216″, e este item fica no estoque em elaboração com quantidade 1.
  • mesmo que o item do processo de qualidade não seja item-filho de uma estrutura de produto específica, o item do PQ pode ser tornado insumo de uma ordem de produção, com a resultante transferência de custos.

Para casos de problemas na qualidade da produção, de produtos finais ou insumos defeituosos ou problemas nos serviços, é possível criar um plano de ação para a resolução dessas não-conformidades.

Crie um roteiro com os passos para a solução, associando os responsáveis por tarefa. Os envolvidos na resolução receberão notificações sempre que chegar a sua vez no processo de desenvolvimento.

3. Criando uma classe de processo de qualidade

1. Selecione a opção: Qualidade > Cadastros > Classes de processos de qualidade.

2. Em Classes dos processos de qualidade, clique em cod-externo-11

3. Preencha a classe do processo de qualidade e a descrição dessa classe e clique em referenciar-custo-de-frete-17.

4. Agora é preciso cadastrar as etapas de resolução dos PQs desta classe.

Para criar as etapas de resolução, clique uma vez sobre uma classe desejada para selecioná-la e vá no menu “Consultar” > “Etapas da classe de processos de qualidade”.

5. Abrirá uma nova janela intitulada “Etapas da classe XXX Nome da Classe (XXX descrição da classe)”.

6. Nessa janela de etapas da classe, clique em  referenciar-custo-de-frete-11

7. Preencha a descrição da etapa e o perfil de acesso associado, e clique em botao_salvar. Os perfis de acesso usados para a resolução de não-conformidades precisam de permissões para consultar e editar NCs.

8. Repita os passos 6 e 7 para todas as etapas da classe de processo de qualidade. A cada etapa, o número da Operação é incrementado de 10.

9. Depois de criar as etapas, é necessário ordená-las. Clique na primeira etapa (que não é “próxima” de nenhuma outra) e selecione, em Próximas etapas, as etapas seguintes a essa primeira; repita esse procedimento para todas as etapas.

10. Ao editar a última etapa, coloque como próxima a etapa para a qual o PQ deve retornar, caso não seja solucionada até a última, e marque o checkbox “Esta pode ser a última etapa”. Se o PQ for bem resolvido, então o processo será concluída após esta última etapa.

4. Criando um processo de qualidade

1. Após a criação de uma classe de PQs, podem-se criar processos de qualidade pertencentes a essa classe. Vá para Qualidade > Processos de qualidade.

2. Em Processos de qualidade, clique em cod-externo-11.

3. Selecione uma das classes, preencha o Assunto, e clique em referenciar-custo-de-frete-17.

4. Apenas usuários que tem perfil de acesso a alguma etapa de uma classe de PQs podem criar PQs nessa classe.

3. O PQ é criado. Para iniciar a resolução, o responsável pela primeira etapa deverá ir para Qualidade > Processos de qualidade, e selecionar o PQ desejado. Na janela aberta (figura abaixo), estarão listadas todas as etapas concluídas e a realizar do PQ.

4. A primeira etapa no exemplo é a “Análise das propostas do projeto”. Para iniciá-la, duplo-clique-a, ou pressione o botão Editar. É aberta uma nova janela; preencha a descrição, e clique em referenciar-custo-de-frete-17. A etapa ficará em desenvolvimento.

Caso já tenha concluído essa etapa, marque o checkbox “concluir” antes de salvar . Ao marcar “concluir”, são exibidos dois campos: “Próxima etapa”; e “Responsável”. Nesse segundo campo, ao clicar em buscar (lupa), é aberta uma janela com os usuários cadastrados no sistema, para seleção do responsável pela próxima etapa.

5. O usuário “operador 1”, responsável pela próxima etapa, receberá um e-mail de notificação.

6. Na última etapa do NC, ao marcar o checkbox concluir (a etapa), é aberto um novo checkbox: concluir NC. Se este o checkbox for marcado, os campos Próxima etapa e Responsável são ocultados. Para concluir a NC, clique novamente em referenciar-custo-de-frete-17 na janela da NC.