Unidades de medida

Unidades de medida de um item

O MAXIPROD vem com um conjunto inicial de unidades de medida, às quais os usuários podem acrescentar as suas próprias.

Podem-se definir três unidades de medida para um item:

  • a unidade interna, usada no estoque, na produção e na estrutura de produto;
  • a unidade de compra
  • a unidade de venda

Se não são definidas unidades para compra ou venda, então a unidade interna também será utilizada nessas operações.

1. Unidade de medida interna e de estrutura de produto

A unidade interna é a unidade de medida usada na estocagem e na produção. Por exemplo, se a unidade interna do produto “Farinha” é quilograma (kg), então a estocagem desse produto a quantidade que utilizada em estruturas de produto também será medida em quilogramas. Veja as imagens exemplo:

Estoque:

Produção:

A unidade interna do item também é usada para definir a estrutura de produto.

O campo “Quantidade”, seja na estrutura de produto ou nas movimentações de estoque, é limitado a cinco casas decimais (exemplo: 0,00012). Portanto, se algum insumo for usado na estrutura de produto com um valor muito baixo (não representável em cinco casas decimais), então deve ser usada uma unidade de medida interna menor.

Exemplo:

Em uma indústria de cosméticos, para a produção de um creme, utilizam-se 24 mg de um determinado insumo. A unidade interna do insumo é kg.  Se inserimos esse insumo na estrutura de produto do creme e informamos a quantidade de “0,000024 kg“, o arredondamento para 5 casas decimais resultaria no valor  0,00000 kg.  A solução é usar o grama (g) como unidade interna do item, resultando em “0,24 g“.

2. Unidade de compra

A unidade de compra é utilizada nas notas fiscais recebidas, pedidos de compra, solicitações de compra e cotações. Ela é necessária se as compras são realizadas em uma unidade diferente da unidade interna. Por exemplo: o insumo “bicarbonato” é estocado e utilizado na produção com a unidade “grama” (g), porém, a compra desse produto é feita em “quilogramas” (kg), para esse cenário, precisaremos utilizar uma unidade de compra diferente para o insumo “bicarbonato”.

Para informar a unidade de compra de um item, clique no lápis de edição () desse item e vá para a seção “Pesos, volumes e outras unidades”. Na seção de “Pesos, volumes e outras unidades”, informe a unidade de compra e um fator de conversão (o fator de conversão é necessário para que o sistema saiba como converter a unidade de compra em unidades principais, ou seja, uma unidade de compra equivale ao total de “x” unidades principais).

3. Diferentes unidades de medida para cada fornecedor ou cliente

Se um insumo é comprado em diferentes unidades, pode-se cadastrar uma unidade de compra diferente para cada fornecedor ou cliente.

A mesma unidade de medida pode ter um diferente fator de conversão para cada fornecedor.

Por exemplo, se a unidade interna de um item é PC, e os fornecedores F_A e F_B fornecem esse item em caixas (unidade de medida CX) com 40 e 70 unidades respectivamente,  então a mesma unidade de medida CX pode ser usada para os códigos externos de cada um desses fornecedores, mas com diferentes fatores de conversão. Ou seja, a mesma unidade de medida pode ter diferentes significados, quando associada a diferentes fornecedores.

Para isso:

  1. Vá ao menu Itens > Códigos externos.
  2. Os códigos externos são os códigos usados pelos fornecedores, dessa forma conseguimos criar uma relação entre o código do fornecedor e unidade de medida dele com o código próprio e unidade de medida interna.
  3. Na tela de códigos externos, clique no botão verde .
  4. Informe o código de seu item, o fornecedor, o código externo que o fornecedor utiliza para esse item, a unidade de medida do fornecedor e o fator de conversão.                                                                                                                                                       
  5. Clique em .

A unidade de venda é usada em notas fiscais, pedidos de venda e propostas. Por exemplo: produto “Pacote de bolo de chocolate” pode ser estocado e produzido em “unidades” (un), mas vendido em “caixas” (CX).

Para cadastrar a unidade de venda de um item, clique no lápis de edição () desse item,  vá à seção “Pesos, volumes e outras unidades”, e  informe a unidade de venda e um fator de conversão entre a unidade de venda e a unidade interna.

Dessa forma, sempre que for criada uma venda para este produto, o sistema já inicializará a unidade da venda conforme configurado para o mesmo.

4. Unidades de medida inteiras e arredondamento

Cada unidade de medida cadastrada para um item tem uma propriedade Inteiro (Sim ou Não), indicada por um checkbox na tela de inserção/edição do item, ao lado da unidade.

Exemplos:

  • se uma empresa que usa a unidade de medida Dz (Dúzia) para um item, pode ou não permitir o recebimento de frações de dúzia desse item.
  • um volume contendo latas de determinado produto de peso unitário conhecido, tem o seu conteúdo declarado não em número de latas, mas pelo peso indicado por uma balança. Uma operação de divisão permite determinar a quantidade de latas, que é a unidade interna, e necessariamente um valor inteiro. No entanto, por imprecisão da balança, esta operação pode gerar um resultado não inteiro, que deve sofrer um arredondamento, antes de ser armazenado.

Esta propriedade atua de diferentes formas em 2 situações:  digitação e conversão.

Digitação

O valor digitado em uma unidade “inteira” deve ser um inteiro, senão é exibida a mensagem “Valor obrigatoriamente inteiro”.

Conversão

Quando um valor é convertido para uma unidade definida como inteira, então após a conversão haverá um arredondamento, dentro dos limites da tolerância, ou então haverá rejeição, com a mensagem:

“Atenção: na unidade de medida ** do item [código descrição], que está indicada como “Valor inteiro”, a quantidade ***,*** está fora da tolerância de 0,** indicada nas configurações.”

A tolerância de conversão para uma unidade inteira é definida nas configurações de estoque (Menu “Roda Dentada” > “Configurações”), sendo inicializada em 0,1.

No exemplo acima, da conversão de peso para número de latas, se o resultado for 210,08 latas, este será convertido para 210. No entanto, se for 210,13 (ou seja, diferença superior à tolerância padrão de 0,1, o resultado será rejeitado.