DRE

DRE

A DRE (Demonstração dos Resultados do Exercício) apresenta, de forma resumida, o resultado líquido de um intervalo de datas, considerando as contas de resultados (receitas, custos e despesas), segundo o princípio contábil do regime de competência.  O resultado líquido pode ser de lucro ou prejuízo.

Todas as empresas são obrigadas a elaborar a DRE, com exceção das MEI (Micro Empreendedor Individual). Além disso, as empresas que geram o Sped Contábil (ECD) precisam enviar as informações do DRE, juntamente com o Balanço Patrimonial.

Cada DRE corresponde a um período, com datas inicial e final, permitindo calcular a DRE mensal, trimestral, anual, etc. A DRE é formada por linhas denominadas Códigos de aglutinação.

No cadastro de contas contábeis, pode-se associar cada conta contábil a um Código de aglutinação. O valor de cada código corresponde ao saldo (crédito – débito) dos lançamentos contábeis das contas vinculadas ao código, durante o período definido.

O ERP MAXIPROD disponibiliza uma DRE padrão e permite a elaboração de DREs personalizadas, adaptadas ao plano de contas de cada empresa

Códigos de aglutinação

Primeiramente, é necessário o cadastro de códigos de aglutinação que serão utilizados para o cálculo dos lançamentos contábeis de determinadas contas. Para cadastrá-los, é necessário ir ao menu Contabilidade > Cadastros > Códigos de aglutinação 

Estes códigos consistem nas divisões e subdivisões do DRE. Assim, devemos cadastrar os códigos referentes ao “Custo de produtos vendidas”, “Despesas Administrativas”, “Receitas Financeiras”, “Lucro Bruto”, “Lucro/Prejuízo Operacional”, etc.

Estes códigos de aglutinação deverão ser atribuídos às contas contábeis correspondentes. Assim, todos os lançamentos da(s) conta(s) que estiver(em) preenchida(s) com o código de aglutinação serão calculados no DRE. Para atribuir um código de aglutinação a uma conta contábil, devemos ir ao menu Contabilidade > Cadastros > Contas contábeis e editar a conta contábil desejada. Na tela de edição de uma conta contábil, há um campo chamado “Código de aglutinação” que terão as opções cadastradas anteriormente para preenchimento.

DRE (cadastro)

Feito o cadastro dos códigos de aglutinação, podemos, então, criar uma tabela de cálculo do DRE através do menu Contabilidade > Cadastros > DREs

Nesta tela, basta clicar no botão para criar um novo DRE. É lhe atribuído um nome e marcada a caixa de seleção “Favorito”, caso este seja o DRE a ser utilizado para fins fiscais (como a emissão do Sped Contábil (ECD), por exemplo). Feito isto, podemos estruturar o DRE conforme os códigos de aglutinação anteriormente cadastrados, clicando novamente no botão

Na inserção de um código de aglutinação no DRE a ser criado, definimos uma ordem para ele, que será a ordem em que aparecerá nos cálculos (por exemplo, ordem 1 para o “Receitas de Vendas”, ordem 2 para o “Outras Receitas”, ordem 3 para “Deduções de Receitas” e assim por diante). Também definimos o grupo ao qual este código pertence: ou “Receita ou valor que represente incremento do lucro” ou “Despesa ou valor que represente parcela redutora do lucro”. Ou seja, se for um código que terão os valores descontados no DRE, deverá ser “Despesa…”; já se forem valores positivos, somados ao DRE, o grupo deverá ser “Receita…”

Há, por último, o campo de “Código de aglutinação de nível superior”, que serve para atribuirmos determinado código a um código “pai”. Ou seja, tudo que for calculado para o próprio código de aglutinação, também será somado/subtraído no código de aglutinação de nível superior, caso houver. Por exemplo, atribuímos os códigos de “Receitas de Vendas”, “Outras Receitas” e “Deduções de Receitas” ao código superior “Receita Bruta de Vendas”; o próprio código de “Receita Bruta de Vendas” juntamente com os códigos “Custos Produtos Vendidos” e “Despesas de Produtos Vendidos” ao código superior “Lucro Bruto”, etc. Assim, os valores de cada código de aglutinação serão calculados e terão o valor atribuído ao código de aglutinação de nível superior preenchido.

Abaixo, o exemplo dos códigos de aglutinação devidamente estruturados no cadastro de nosso DRE padrão:

Importante! O DRE da imagem acima é cadastrado por padrão no sistema em todos as assinaturas no momento de sua criação.

DRE (cálculo)

Feitos todos os cadastros dos códigos e do DRE, podemos, finalmente, calcular o DRE de determinado período no sistema. Para isso, devemos ir no menu Contabilidade > DRE

Nesta tela, devemos preencher os dois filtros presentes na tela: selecionar o DRE cadastrado anteriormente e preencher as datas desejadas para o cálculo do DRE. Por fim, clique no ícone para atualizar a tela e os valores calculados de cada código de aglutinação.

Abaixo, podemos ver um exemplo do DRE calculado para o período do ano de 2020, mostrando o “Valor final”, calculado através dos lançamentos contábeis das contas associadas a cada um dos códigos de aglutinação no período informado. Os códigos de aglutinação em negrito correspondem a códigos de nível superior, que, como explicado anteriormente, tem seu valor calculado através dos valores dos códigos de aglutinação inferior.

Importante!

Todos os exemplos relatados acima podem ser vistos em nosso assinante de demonstração. Basta clicar aqui!